Sobre o HFS (Hunter Free Style)



A modalidade HFS – Hunter Free Style ou “Estilo Livre Caçador” foi proposta e desenvolvida pela Federação Brasileira de Hunter Field Target como uma modalidade de inclusão dos atiradores que se interessam pelos tiros a longo alcance.

Trata-se de um circuito com nove alvos nos quais os atiradores atiram nas posições em pé sem apoio, ajoelhado e em pé apoiado, simulando um encontro de caçadores no qual cada um utiliza o seu equipamento, na sua configuração preferida, sendo apenas o ajuste da luneta limitado a 12 vezes. Assim, se a luneta que equipa a arma possibilitar ampliação acima de 12 vezes, ela poderá ser utilizada, se ajustada em qualquer ampliação até o ajuste máximo permitido. Caso prefira, o atirador pode participar também com mira aberta ou red dot.

Assim, a prova é mais descontraída e possibilita aos atiradores o melhor conhecimento de suas armas e aparelhos de pontaria e a verificação de suas habilidades nas três posições de tiros e nas distâncias até 50 metros.

As classificações são separadas entre armas PCP e armas por ação de mola (Springer) e são permitidos os calibres até 6,35 mm. Esta modalidade também serve como ensaio para as provas oficiais de HFT (Hunter Field Target).



Regras de HFS (Hunter Free Style)



1. Segurança
2. Passagem e pontuação
3. Posições de tiro
4. Tempo
5. Equipamento
6. Alvos
________________________________________

1. SEGURANÇA

1.1 Todas as atividades de tiro devem ser realizadas de acordo com as regras de segurança segundo estatuto da Associação / Clube que as promovam.

1.2 Qualquer carabina de ar é permitida desde que cumpra a legislação nacional em vigor com energia inicial limitada a 40,7 Joules (30 fpe). A energia inicial pode ser verificada por um cronógrafo aleatório ou obrigatório a qualquer momento antes, durante ou após a competição.


1.3 Cada campo de tiro deve ter um local seguro para verificação e ajuste das armas – A FAIXA ZERO. É necessário registrar e assinar o formulário de declaração de segurança antes de entrar na faixa Zero. O uso da faixa Zero é permitido apenas para os atiradores que competem. Deve ser grande o suficiente com base no número de atiradores.


1.4 Todos os atiradores devem assinar a familiarização com as regras de segurança e participar de um briefing de segurança em cada evento a ser realizado imediatamente antes da sessão de tiros.


1.5 O comando PISTA FRIA indica que todos os atiradores devem deixar suas armas sobre as bancadas, desmuniciadas e com as culatras abertas. No caso de armas de cano fixo, a alavanca deve permanecer destravada, evidenciando que a arma não está em condições de disparo.


1.6 O comando PISTA QUENTE indica que as pistas estão liberadas para tiros e nenhum atirador ou observador deve adentrar ao campo de tiro, devendo os que não estão atirando permanecer atrás dos atiradores ou em local afastado.


1.7 As armas devem ser postas em cases ou capas, ou transportados com o cano apontando para baixo o tempo todo quando não estiver em uso, isso inclui armas transportadas com bandoleira.


1.8 Não engatilhe sua arma até que você esteja pronto para atirar.


1.9 Nenhuma arma deve ser engatilhada ou carregada entre as linhas de tiro. A arma multi-shot (de repetição) deve ter o carregador removido e estar em uma condição visivelmente segura. Cada membro de um grupo deve garantir que as atividades deles e de seus parceiros de tiro sejam realizadas de maneira segura.


1.10 NUNCA descanse o cano da carabina sobre o seu pé. Ao descer ou levantar-se de tiros deitados, esteja sempre ciente de onde o cano de sua carabina está apontando, ele deve permanecer apontando sempre para baixo ou para o fundo da linha de tiro. Solicite ao seu parceiro de tiro sua assistência para entregar ou retirar sua carabina se você achar difícil levantar ou abaixar com segurança.


1.11 Todos os juniores (menores de 18 anos) devem estar sob a supervisão direta de seus pais / responsáveis no dia.


1.12 Não são permitidos animais vivos nas áreas de tiro.


1.13 No caso de qualquer disputa, o Chefe Delegado pode ser convocado e sua decisão é final.


1.14 Se você for abordado por um delegado de prova por qualquer motivo, isto é, técnica ou segurança de tiro, faça o que ele pedir, lembre-se de que ele está lá para garantir que o percurso seja realizado com segurança e transparência.

2. PASSAGEM E PONTUAÇÃO

2.1 Cada atirador registrado receberá o cartão de pontuação que preenche os detalhes do equipamento para o evento (Nome, Sobrenome, Fabricante e tipo de carabina, Fabricante e tipo de luneta, Ampliação, Luz de fundo e Paralaxe utilizados para o evento, Fabricante, tipo e tamanho de chumbos).


2.2 Uma vez efetuado o primeiro disparo, nenhum ajuste poderá ser feito, de maneira alguma, na carabina, na coronha ou na luneta.

2.3 As passagens sempre têm a categoria Aberta, mas podem ser divididas em subcategorias:


2.3.1 Ação por mola (inclusive gas ram).


2.3.2 Senhoras.


2.3.3 Veteranos (60 anos ou mais, no dia da prova).


2.3.4 Juniores (idade inferior a 16 anos, no dia da prova)

2.3.5 Equipe (no máximo 4 atiradores). A competição pode ser por equipe ou individual.

2.4 A pontuação será de 01 ponto para acerto na silhueta e 02 pontos para cada silhueta derrubada.


2.5 Sob nenhuma circunstância um alvo pode ser atingido mais de uma vez por um atirador, e nenhum tiro de teste de qualquer tipo é permitido durante o percurso do tiro.


2.6 Independentemente de quaisquer circunstâncias, como esquecer de municiar a arma, não fechar o ferrolho ou se o gatilho for apertado antes de você visar o alvo, se a arma disparar, o tiro será considerado como tendo sido executado e será validado. Se isso acontecer, o competidor deve assegurar que o projétil tenha deixado a arma, atirando a seco com segurança no chão sobre a linha de tiro, com o consentimento de seus parceiros de tiro.


2.7 Os alvos derrubados só devem ser reposicionados para o próximo atirador ou ao fim de cada passagem por posição.

2.8 Somente um membro do seu grupo de tiro ou monitor habilitado tem permissão para registrar suas pontuações no seu placar. Sob nenhuma circunstância é permitido ao atirador marcar seu próprio placar. Se um erro for inserido em qualquer cartão de pontuação, o parceiro de tiro que cometeu o erro deve procurar um delegado que altere esse erro para você e assinar o verso do cartão.

NOTA: Se a competição for por equipe, a pontuação pode ser anotada por participantes das equipes concorrentes e o atirador deve conferir a pontuação e assinar o cartão, dando ciência da anotação.


2.9 Após a conclusão da passagem, um de seus parceiros de tiro deve assinar seu cartão de pontuação, ou seja, os parceiros confirmam que verificaram o cartão e concordaram com sua pontuação; os atiradores sempre devem verificar se os seus cartões de pontuação estão corretamente preenchidos e assinados antes de entregá-los, pois são eles que serão penalizados por quaisquer irregularidades.


2.10 Em caso de empate, o desempate será disputado no alvo a 40 metros, sendo que cada competidor efetuará apenas um disparo para cada posição no mesmo alvo, ou seja, cada desafiador atirará no mesmo alvo nas posiçõs em pé sem apoio, ajoelhado e em pé, apoiado. Caso persista o empate, os competidores repetirão os tiros, na mesma regra, até que se tenha um vencedor.

3. POSIÇÕES DE TIRO

3.1 Os tiros serão executados nas seguintes posições:

a) em pé e sem apoio;

b) ajoelhado, sem apoio;

c) deitado (opcional);

d) em pé, apoiado.


3.2 O apoio para o tiro em pé pode ser pilar do abrigo do estande ou dispositivo preparado que permita o apoio com o atirador em pé.


3.3 São 9 tiros para cada posição, um em cada alvo.

3.4 Todos os atiradores devem atirar da mesma posição, a qual será fixa para cada posto de tiro.

4. TEMPO

4.1 O tempo não é cronometrado, mas caso haja muita demora, será estipulado até 45 segundos por tiro, não devendo a passagem com os 27 tiros ultrapassar 20 minutos.

5. EQUIPAMENTOS

5.1 Podem ser utilizados ganchos de soleira tipo FT e soleira ajustável em altura.


5.2 Indicadores de vento de qualquer tipo NÃO são permitidos. É permitido aos competidores usar apenas os objetos da natureza encontrados no percurso para medir o vento, como folhas secas, grama, poeira etc. Meios artificiais da medição do vento (pó branco dos caçadores, fitas de qualquer tipo etc.) são proibidos no campo de tiro.


5.3 Qualquer pessoa encontrada realizando algum ajuste em uma luneta após o início da prova será desclassificada.

5.4 Podem ser utilizadas lunetas, miras abertas e red dots.


5.5 O ajuste da luneta é limitado a 12 vezes de ampliação (magnitude).

5.6 A altura do guarda-mão (com ou sem uso de "hamster) não pode ultrapassar 15 cm (150 mm), medindo a partir da linha de centro do cano.

6. ALVOS

6.1 Silhueta metálica " que cai quando atingida" na zona de impacto.


6.1.1 O painel frontal deve ter acabamento em cores claras (branco, prata, aço inoxidável, amarelo).


6.1.2 A zona de acerto (HZ) deve ser finalizada em cor escura (preto, cinza escuro).


6.2 Visitantes e espectadores são permitidos e bem-vindos ao percurso durante a competição, mantendo silêncio e distância mínima de 3 metros atrás dos atiradores.


6.5 A prova consistirá de 9 alvos posicionados a cada 5 metros, sendo o mais próximo a 10 metros e o mais distante a 50 metros.


6.6 Todos os pontos e alvos devem ter números claramente marcados de 1 a no máximo a quantidade de alvos.


6.7 Os alvos posicionados a 10 metros devem ter Hit Zone de 15 mm. Hit zones de 15 mm podem ser utilizadas até a distância 20 metros. Hit zones de 20 e 25 mm podem ser utilizadas até 25 metros e todos os demais alvos devem ter Hit Zone de 40 mm.

NOTA: HZ = Hit Zone (Zona de Impacto)